sitinho_Easy-Resize.com

Trade deadline: vencedores e perdedores

A trade deadline é um dos períodos que mais geram inquietação na NHL. São inúmeros os rumores, as conversas e movimentações que pegam todos de surpresa. Agora, uma semana depois data limite de troca da última segunda (12), podemos observar os jogadores em seus novos times e como tem sido o desempenho deles. Mas afinal, quais times se deram bem e quais levaram a pior?

Vencedores

Como em todas as negociações, um lado sempre irá levar a melhor. Na grande maioria, os times considerados vencedores são aqueles que já estão com vaga garantida nos playoffs, e buscaram novas peças para aumentar o nível de competição da equipe. Por outro lado, os times que estão em rebuild ou terão que passar pelo processo em breve, também fizeram boas negociações.

New York Islanders

Os Islanders vêm fazendo uma boa temporada e brigando constantemente pela primeira vaga da divisão Leste. É inegável a força do time neste ano após chegarem à final da Conferência Leste no ano passado, e são fortes candidatos a vencerem a Stanley Cup. Contudo, sofreram uma baixa no elenco com a lesão do capitão Anders Lee, que está fora pelo restante da temporada. Pensando além e mirando no futuro, o time de Long Island fez aquisições muito significantes.

Palmieri, Zajac traded to Islanders by Devils
Kyle Palmieri e Travis Zajac. Reprodução/NHL

O New York Islanders adquiriu Kyle Palmieri, Travis Zajac e Braydon Coburn do New Jersey Devils em troca dos atacantes A.J Greer, Mason Jobst, uma escolha de primeira rodada no draft de 2021 e uma escolha condicional de quarta rodada no draft de 2022. Além disso, a equipe de New Jersey irá reter 50% do salário de ambos os jogadores.

No geral, os Islanders fizeram bons negócios para melhorar seus poucos pontos fracos e se preparar para outra sequência consistente na pós-temporada.

Boston Bruins

O Boston Bruins conseguiu um dos melhores jogadores disponíveis por preço de banana, literalmente. Taylor Hall juntamente com Curtis Lazar foram adquiridos em troca de Anders Bjork e uma escolha de segunda rodada.

É bem verdade que Hall tinha uma NTC, e como já queria jogar pelo time de Boston, usou isso em seu favor. Ele teve apenas uma temporada com o Buffalo Sabres, e poderia ter sido um desastre não apenas para o jogador mas também para o time, que se deparou com a seguinte situação: ou trocavam Taylor Hall até o prazo final, ou iriam perdê-lo por nada após ao término do contrato.

WATCH: Taylor Hall scores his first goal with the Boston Bruins | RSN
Taylor Hall. Reprodução/NBC Sports

Podemos dizer que Don Sweeney fez um ótimo trabalho ao adicionar o jogador ao seu plantel, mesmo que a temporada que ele estava fazendo em Buffalo não fosse das melhores. Contando com um pouco de azar, Hall fez apenas dois gols e anotou 17 assistências nos 37 jogos que fez pela equipe do Buffalo Sabres, mas desde a troca, ele jogou até o momento cinco jogos, marcou dois gols e três assistências.

“Como eu sabia que seria trocado nas últimas semanas, era uma equipe que eu realmente queria entrar e queria fazer parte,” declarou o winger para o Sportsnet.

Detroit Red Wings e Washington Capitals

O Detroit Red Wings e Washington Capitals fizeram uma troca que ambos foram vencedores, pois fizeram um acordo que trará bons frutos para as duas franquias.

Os Capitals são um dos times mais fortes e com melhor campanha na divisão Leste, e certamente terão oponentes igualmente poderosos nos playoffs. Detroit enviou o atacante Anthony Mantha para Washington e recebeu os atacantes Jakub Vrana, Richard Panik, uma escolha na primeira rodada de 2021 e uma escolha da segunda rodada de 2022. No início, a negociação foi considerada um “roubo”, mas agora que podemos analisar com mais calma, a troca parece um tanto quanto justa.

Red Wings GM Yzerman shows patience in free agency | The Blade
Steve Yzerman, GM do Detroit Red Wings. Reprodução/Toledo Blade

Vrana é ofensivamente é mais efetivo, mas Mantha já se provou um ótimo jogador nos Capitals. Até aqui, ele marcou quatro gols e tem uma assistência em quatro jogos. A troca é benéfica para ambos pois o time de Washington está no modo tudo ou nada nessa temporada, já que a maioria de seu elenco está próximo dos 30 anos de idade e farão de tudo para vencer a Stanley Cup. Então, se pensam que Mantha vai acrescentar mais do que Vrana como já vem fazendo nos últimos jogos, a troca é boa e vale a pena sacrificar escolhas do draft.

Falando em escolhas, podemos dar um grande destaque para o general manager dos Red Wings, Steve Yzerman, que gosta e sabe fazer negócios ousados. Além de trazer um winger que vai produzir de maneira semelhante ao que ele já tinha, ele somou mais picks para os Red Wings, que estão em rebuild e já somam 12 escolhas para o draft de 2021 e 10 para o de 2022.

Florida Panthers

O time da Florida tem sido uma grata surpresa nesta temporada. A maioria das pessoas não estava esperando que nessa altura, eles estivessem tão consistentes. E apesar de fazer movimentos considerados pequenos, Bill Zito fez o suficiente.

Florida Panthers PR on Twitter: "Newly acquired #FlaPanthers Brandon Montour (goal), Sam Bennett (2 assists) and Nikita Gusev (assist) each registered at least one point in the first period of tonight's matchup
O time Florida Panthers e algumas de suas novas aquisições. Reprodução/Florida Panthers via Twitter

A divisão Central estava até tranquila nesta trade deadline, que costuma ser um dos períodos mais agitados da NHL. A primeira troca foi com o Buffalo Sabres. Os Panthers adquiriram Brandon Montour por uma escolha de terceira rodada no draft de 2021. Todos sabemos a temporada que os Sabres têm feito, mas mesmo assim os números do defensor não são tão pavorosos, e ele pode ajudar a preencher temporariamente a vaga de Aaron Ekblad, que está fora do restante da temporada devido a uma lesão.

O próximo passo foi assinar com Nikita Gusev, que não envolveu grandes riscos. O contrato foi de US$1 milhão, e os Panthers não precisaram abrir mão de ninguém. Uma aquisição muito importante e que já está rendendo pontuação de profundidade.

E o último movimento foi uma escolha da segunda rodada de 2022 e a escolha da segunda rodada de 2020 e Emil Heineman para o Calgary Flames em troca de Sam Bennett e uma escolha de draft da sexta rodada de 2022. Um preço caro, mas Bennett será importante na corrida para a Stanley Cup e já tem bons números. Em três jogos, marcou três gols e anotou duas assistências.

Com os Panthers fazendo movimentos de baixo risco e alta recompensa até aqui, surgem alguns questionamentos que serão respondidos principalmente na pós-temporada, mas se tudo sair da maneira que Bill Zito planejou, teremos um forte competidor da Stanley Cup.

Perdedores

Como nem tudo são flores, alguns times fazem negociações que principalmente a longo prazo trarão mais prejuízos do que qualquer outra coisa. Logicamente, algumas variáveis precisam ser consideradas. Sabemos que existem jogadores com contratos com cláusulas de trocas parciais ou modificadas e que aceitam ser trocados por apenas alguns times, jogadores que que estão fazendo corpo mole para forçar negociações e general managers que às vezes não ponderam com sabedoria antes de fazer as trocas.

Buffalo Sabres

O Buffalo Sabres está tendo uma temporada terrível, atualmente é o pior time da Liga e ocupa a 31ª posição na tabela. Também tem uma sequência histórica de 18 derrotas consecutivas que foi quebrada no final de março. E apesar de estarem melhorando sob o comando de Don Granato, não há muito mais o que fazer para esta temporada.

Buffalo Sabres Fall Short of GM Kevyn Adams' Clear Message
O GM Kevyn Adams, do Buffalo Sabres. Reprodução/Buffalo Sabres via Twitter.

Vários jogadores do elenco estavam disponíveis para serem trocados, principalmente porque se tornariam UFA no final da temporada. Eles perderam Eric Staal para o Montreal Canadiens, Taylor Hall e Curtis Lazar para o Boston Bruins, e Brandon Montour para o Florida Panthers. O que obtiveram em troca foi uma escolha na segunda rodada, duas escolhas da terceira rodada, uma escolha da quinta rodada e Anders Bjork, que em quatro jogos disputados marcou por enquanto apenas um gol.

No que diz respeito a Taylor Hall, o Sabres estava de mãos atadas, podemos assim dizer, visto que seu contrato permitia vetar qualquer comércio. Dentro do cenário atual, vale dizer que o Buffalo Sabres vem sendo mal administrado há anos, e infelizmente fizeram muito pouco para mudar isso nesta deadline.

Winnipeg Jets

Winnipeg Jets é um dos times mais fortes da divisão Norte e tem grandes chances de estarem nas semifinais da Stanley Cup. Porém, os oponentes que tem potencial de cruzar seu caminho também são muito bons.

Winnipeg Jets v Montreal Canadiens
O time Winnipeg Jets. Reprodução/Minas Panagiotakis/Getty Images

O elenco de atacantes é sólido, e o goleiro é ninguém mais, ninguém menos do que Connor Helleybuck -o atual vencedor do troféu Vezina -, que vem tendo outra temporada incrível e uma ótima porcentagem de defesas.

Os Jets precisavam melhorar e potencializar sua defesa, mas não fizeram o suficiente nesta deadline. Trazer Jordie Benn dos Canucks por uma escolha de draft da sexta rodada não é nada audaz e não faz as mudanças necessárias, apesar de um movimento de baixo custo. Eles poderiam ter adquirido outros jogadores disponíveis como Mike Reilly, Brandon Montour, Dmitry Kulikov, Jon Merrill, Mattias Ekholm, David Savard, Josh Manson, Alex Goligoski, Erik Gudbranson ou Jamie Oleksiak sem precisar abrir mão de uma escolha.

Esse é um dos melhores elencos dos Jets nos últimos anos e os Leafs, time que lidera a divisão, fizeram aquisições interessantes, o que pode custar caro para o time de Winnipeg nos playoffs. Não havia motivos e nem desculpas para adicionar um defensor de elite ao roster.

Anaheim Ducks

Os Ducks estão na última colocação da divisão Oeste e são o 29º colocado na tabela da Liga inteira. Anaheim poderia ter aproveitado a trade deadline para lucrar com alguns de seus veteranos, visto que terá que passar pelo processo de rebuild em breve.

Anthony Stolarz, Ryan Getzlaf help Anaheim Ducks sweep San Jose Sharks with win - TSN.ca
O time de Anaheim Ducks. Reprodução/The Canadian Press

Todavia, precisamos ser coerentes e concordar que trazer Haydn Fleury foi um bom movimento. Fleury pode desempenhar um bom papel, mas não é de fato uma adição de caráter tão significativo.

Anaheim vem fazendo bons drafts e tem um ótimo novato que foi classificado com sétimo melhor da Liga, Trevor Zegras. Por alguma razão, os Ducks enviaram Zegras para seu time afiliado na AHL. Contudo, se tivessem trocado ao menos um de seus veteranos por escolhas de draft ou até mesmo jogadores mais novos com potencial de ter habilidades exploradas, o time de Anaheim poderia ter acelerado o processo de reconstrução.

Share this post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email