hart trophy

Tracker do Hart Trophy: os cinco melhores jogadores do primeiro mês da temporada

Com a temporada regular da NHL já se encaminhando para o fim do primeiro mês, começaram as especulações a respeito das principais premiações da liga. Já falamos anteriormente aqui no NHL Brasil dos melhores calourosgoleiros da temporada, e agora chegou a vez do prêmio Hart Trophy, que é designado ao MVP do campeonato. Ainda é cedo para determinar quem serão os finalistas, mas baseado no que podemos ver até o momento, alguns grandes jogadores da liga já se destacaram dos demais. Sem mais delongas, aqui estão os cinco melhores jogadores do primeiro mês da temporada!

Brad Marchand (Boston Bruins)

O atacante do Boston Bruins, nas últimas temporadas, tem se mostrado fundamental para seu time. Integrante da melhor primeira linha da liga, ao lado de Patrice Bergeron e David Pastrnak, Marchand somou 20 pontos em 15 jogos. Diferente de seus companheiros de linha, que começaram a temporada um pouco mais devagar, Marchand tem feito em média 19:19 minutos de jogo e as chances do Boston Bruins fazer gols enquanto o jogador está no gelo são de 62,19%. Seu maior problema ainda são as faltas – atualmente o jogador canadense possui 18 minutos de penalidade, o que ainda afeta bastante o seu jogo. Apesar disso, seus números, que têm se tornado cada vez mais impressionantes para o tipo de jogador que é, definitivamente o colocam no radar para os indicados ao prêmio.

Kyle Connor (Winnipeg Jets)

Para quem tem acompanhado o Winnipeg Jets nas últimas temporadas, não é surpresa alguma que o nome de Kyle Connor esteja aparecendo nessa lista. Um dos líderes em gols na temporada até aqui, com 12 gols marcados em 17 jogos, além de 22 pontos. É comum que Connor passe despercebido em um time que possui Blake Wheeler e Mark Scheifele, mas com ambos os jogadores tendo passado pelo protocolo de COVID-19 por algumas semanas, o atacante de 25 anos ajudou a manter o time de Winnipeg no topo da liga, mesmo sem seus colegas. É provável que Connor não continue nessa lista até o final da temporada, mas espera-se que pontue consideravelmente e faça muitos gols, impactando positivamente o seu time.

Alex Ovechkin (Washington Capitals)

Alex Ovechkin é um homem com uma missão. Focado em ultrapassar recordes do passado, o atacante do Washington Capitals tem feito marcas excepcionais até aqui. Um dos líderes da liga em gols, com 15 em 19 jogos, Ovechkin também possui 30 pontos além de 21:35 minutos em média por jogo, o que é impressionante considerando que o jogador já tem 36 anos de idade. Desde que a temporada começou até o presente momento, Ovechkin já ultrapassou Marcel Dionne e Brett Hull no maior número de gols por carreira, sendo o quarto da história da NHL. Estando apenas 21 gols atrás de Jaromir Jagr, a corrida pelo recorde seguirá firme, deixando Alex Ovechkin como um dos potenciais jogadores para o prêmio de MVP – que seria seu segundo Hart Trophy.

Leon Draisaitl (Edmonton Oilers)

Líder em pontos e em número de gols em toda a NHL, Leon Draisaitl está fazendo um início de temporada incrível. Com 35 pontos e 18 gols em apenas 17 jogos, o jogador alemão tem grandes probabilidades de ser o vencedor do prêmio. Draisaitl é, sem sombra de dúvidas, um dos melhores jogadores da liga atualmente e divide o posto a páreo duro com seu companheiro de time, Connor McDavid. Ainda que exista um grande debate a respeito de qual dos dois atacantes deveria receber o prêmio, parece que Draisaitl, ao menos nesse início, precisa se adiantar em alguns outros quesitos. Olhando apenas os pontos e gols, seria fácil de colocar o atacante em primeiro lugar, mas é preciso considerar outros fatores.

Uma estatística bastante importante para o hóquei no gelo é o xGF%, que seria, a grosso modo, a expectativa de gols a favor. Ou seja, a porcentagem indica a probabilidade de o time fazer gols enquanto determinado jogador está no gelo. Atualmente, Draisaitl possui um xGF% de 48% e, ainda que tenha conseguido elevar a estatística para acima dos 50% em alguns momentos da temporada, por grande parte dessas primeiras semanas, esse número esteve abaixo dos 50%. Além de que é possível observar que nas partidas em que Draisaitl consegue fazer o seu melhor, normalmente, McDavid está no gelo com ele.

Leon Draisaitl já venceu o Hart Trophy uma vez, na temporada 2019-20 e ainda é um grande nome para ser um dos finalistas, mas talvez o prêmio vá para seu colega de time.

Connor McDavid (Edmonton Oilers)

Não é surpresa alguma que Connor McDavid esteja em primeiro nessa lista. Até o presente momento, o atacante do Edmonton Oilers possui 32 pontos em apenas 17 jogos e certamente esse número tende a aumentar. Na temporada de 2020-21, que foi bastante reduzida por conta da COVID-19, em 56 jogos McDavid somou 105 pontos. O atacante canadense está indo para a sua sétima temporada na NHL e em quatro delas alcançou a marca dos 100 pontos. Quando se trata de McDavid, não há como esperar menos do que isso. Ele está em busca do seu terceiro Hart Trophy.

McDavid possui um xGF% de 56,39% e, com relação aos seus colegas de time, seu número só fica atrás dos de Zach Hyman e Jesse Puljujärvi, seus companheiros de linha. A importância dessa primeira linha e consequentemente do próprio Connor McDavid para o Edmonton Oilers é gigantesca.

 

É importante salientar que esta é uma previsão do NHL Brasil, considerando apenas o primeiro mês da temporada! Como já indicamos nos textos anteriores, é provável que estas projeções mudem e novos jogadores apareçam nessa lista nos próximos meses. Nos vemos no mês que vem, com novas previsões!

Share this post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email