texto

Os jogadores finalistas do NHL Awards

Nas últimas semanas saíram os finalistas do NHL Awards. Esse evento serve para premiar jogadores que mais se destacam nas temporadas regulares. A princípio, a premiação aconteceria no final de junho, após a conclusão dos playoffs da Stanley Cup. Todavia, por conta da epidemia do coronavírus e da mudança no formato da competição, os prêmios do ano passado e deste foram em meio aos playoffs.

Apresentamos aqui os finalistas de todas as categorias. Os prêmios da NHL Awards serão divulgados a partir desta segunda-feira (14).

Vezina Trophy (melhor goleiro)

Primeiramente, temos o prêmio de melhor goleiro. Ele é decidido através de uma votação dos gerentes gerais da NHL. Os finalistas do NHL Awards de melhor goleiro deste ano são Marc Andre Fleury, Philipp Grubauer e Andrei Vasilevskiy.

Fleury teve um recorde de 26-10-0 com o Vegas Golden Knights nessa temporada. Além disso, ele terminou em terceiro lugar na NHL em vitórias e shutouts (seis), e foi o terceiro goleiro com uma média de gols em 1,98. Já a porcentagem de defesa foi de 0,928, considerando os goleiros que jogaram pelo menos 20 jogos. No entanto, essa é a apenas a primeira vez que Fleury é indicado ao Vezina Trophy. 

Em seguida, Grubauer. O alemão teve um recorde de 30-9-1 em 40 jogos com o Colorado Avalanche. Assim, ele terminou em segundo em vitórias (30), apenas um atrás de Vasilevskiy. E empatou com Semyon Varlamov do New York Islanders na liderança da NHL com sete shutouts. Ele foi o segundo em gols contra (1,95) e o oitavo em porcentagem de defesas (0,922).

Por fim, Andrei Vasilevskiy. O recorde do russo nessa temporada foi de 31-10-1 com o Tampa Bay Lightning. Dessa forma, ele foi o único goleiro a liderar a NHL em vitórias, pela quarta temporada consecutiva. Ele ficou em oitavo lugar em gols contra (2,21), sexto em porcentagem de defesa (0,925) e quarto em shutouts (cinco). Ele estabeleceu um recorde com o Tampa quando teve uma sequência de shutouts que durou 228:09 minutos, incluindo três shutouts consecutivos de 24 de fevereiro a 2 de março.

Enfim, vale ressaltar que o Lightning venceu a Stanley Cup na última temporada com Vasilevskiy jogando todos os minutos nos playoffs.

James Norris Memorial (melhor defensor) 

Adam Fox, Victor Hedman e Cale Makar disputam o prêmio de melhor defensor. Normalmente, o prêmio vai para o jogador de defesa com mais pontos. Contudo, os critérios levados em conta são a capacidade de ser um defensor com habilidades gerais no jogo.

Fox foi o segundo defensor com mais pontos (47, cinco gols, 42 assistências). Ele foi o jogador do New York Rangers com mais tempo médio no gelo por jogo (24:42). Todavia, ele liderou os defensores do Rangers nos minutos em igualdade numérica por jogo (3:45) e tempo de gelo em desigualdade numérica por jogo (2:36). Por fim, Fox marcou 23 pontos de power-play, o segundo na liga e teve 102 bloqueios (empate em 15º) e 38 takeaways (terceiro).

Makar ganhou o Calder Trophy no ano passado. Nessa temporada, ele marcou 44 pontos (oito gols, 36 assistências) em 44 jogos pelo Colorado Avalanche nesta temporada e liderou a defesa com uma média de 1,00 pontos por jogo (mínimo 10 jogos). Ele empatou na liderança na posição de gols na vitória (três) e foi o quarto em pontos de power-play (22). 

Hedman é finalista do Norris Trophy pela quinta temporada consecutiva. Nesta temporada, o defensor sueco terminou empatado no terceiro lugar entre os defensores com 45 pontos (nove gols, 36 assistências). Ele teve 24 pontos de power-play e ficou em sétimo lugar na NHL em tempo médio de gelo com 25:03.

Hart Memorial Trophy (MVP, jogador mais valioso)

O prêmio de MVP, o jogador mais valioso, se chama Hart Memorial Trophy. Os indicados deste ano são Nathan MacKinnon, Auston Matthews e Connor McDavid.

Primeiramente, vale ressaltar que MacKinnon terminou em oitavo lugar na NHL com 65 pontos (20 gols, 45 assistências). Ele foi o quarto jogador com uma média de pontos por jogo (1,35), o terceiro em pontos de power-play (25) e chutes a gol (206) com um tempo médio de gelo por jogo de 20:22. MacKinnon marcou 26 pontos (nove gols, 17 assistências) durante uma sequência de 15 jogos consecutivos de 27 de março a 28 de abril, a mais longa da NHL nesta temporada. 

Matthews liderou a NHL com 41 gols em 52 jogos. O central, finalista também do Prêmio Ted Lindsay, liderou a NHL em gols de vitória (12) e chutes a gol (222), e ficou em segundo lugar com 53 pontos em igualdade numérica (31 gols, 22 assistências). Logo, seus 66 pontos ficaram empatados em quinto lugar na NHL com Rantanen e o atacante do Chicago Blackhawks, Patrick Kane.

Enfim, McDavid ficou em primeiro lugar na NHL com 105 pontos (33 gols, 72 assistências), Além disso, McDavid liderou a NHL em assistências e pontos de power-play (37; nove gols, 28 assistências). Ele também é finalista do Prêmio Ted Lindsay. 

Jack Adams (melhor técnico)

Rod Brind’Amour, Dean Evason e Joel Quenneville foram nomeados finalistas do Prêmio Jack Adams, dado para o técnico eleito o melhor da NHL. 

Brind’Amour com o Canes teve a melhor porcentagem de pontos de sua história (0,714). A equipe terminou em primeiro lugar na Divisão Central, com o terceiro melhor recorde na NHL. Brind’Amour venceu 46 jogos em 2018-19, sua primeira temporada como técnico, Dessa forma, em 2021, a equipe conseguiu conquistar o título da Divisão Central.

Evason levou o Minnesota Wild (35-16-5) à sua melhor porcentagem de pontos (0,670).A equipe teve ótimas sequências nessa temporada, com três vitórias consecutivas em pelo menos cinco jogos. Por fim, ainda teve uma sequência de sete vitórias. 

Por fim, Quenneville ajudou o Florida Panthers a se classificar para os playoffs pela segunda temporada seguida, terminando um ponto atrás dos Hurricanes na Divisão Central. Assim, o Panthers teve sua maior porcentagem de pontos (0,705) e mais gols por jogo (3,36) em sua história. 

Ted Lindsay (melhor jogador, votado pelos jogadores)

O Ted Lindsay Trophy vai para o jogador que é considerado o melhor da temporada, contudo, esse prêmio é decidido pelos membros da NHLPA. Os finalistas do NHL Awards desse ano são Sidney Crosby, Auston Matthews e Connor McDavid. É interessante notar a percepção de quem é o melhor jogador da Liga vindo dos próprios jogadores. 

Crosby teve 62 pontos (24 gols, 38 assistências).  O atacante teve, em média, 1,13 pontos por jogo. Desses 62 pontos, 39 foram em igualdade numérica (18 gols, 21 assistências), 22 de powerplay (cinco gols, 17 assistências). Além disso, ele teve 159 chutes ao gol e era o atacante com mais tempo de gelo (20:24). Embora Crosby já tenha ganhado o prêmio três vezes (2006-07, 2012-13, 2013-14), não seria surpresa ele faturar mais um NHL Awards.

Matthews foi o jogador que mais fez gols na NHL, com 41 gols em 52 jogos. Assim, o atacante liderou a NHL em gols que deram a vitória para o time (game-winning goals), com 12 e fez 222 chutes ao gol.

Por fim, McDavid marcou 105 pontos (33 gols, 72 assistências), ficando em primeiro lugar em toda a NHL. Ele terminou com 21 pontos à frente do companheiro de equipe do Edmonton Oilers, Leon Draisaitl, que foi o segundo com 84. 

Calder Memorial Trophy (melhor calouro)

Os finalistas para o NHL Awards de melhor calouro, ou seja, os novatos da NHL, são Kirill Kaprizov, Jason Robertson e Alex Nedeljkovic. É um dos prêmios mais importantes da NHL Awards. 

Kaprizov tem 24 anos e liderou no ranking de novatos da NHL com 27 gols, 51 pontos e oito gols de power-play. Além disso, ele teve 157 chutes ao gol em 55 jogos pelo Wild. em igualdade numérica, ele tem 38 pontos, e 13 pontos de power play. 

Ele liderou o Wild em gols, pontos, pontos por jogo (0,93) e gols na prorrogação (dois), e marcou três gols de vitória. Kaprizov, que teve uma média de 18:18 de tempo no gelo por jogo e uma porcentagem chutes de 17,2%, marcou o maior número de gols, assistências e pontos de um novato na história do Wild.

Já na Divisão Central, os candidatos são Jason Robertson e Alex Nedeljkovic. Robertson, de 21 anos, foi o novato com mais assistências (28). Ele empatou em primeiro lugar do +/-.  No Dallas Stars, foi o segundo jogador com mais pontos (45) e empatado em segundo nos gols (17). Assim, ele ficou atrás apenas de Joe Pavelski, que teve 51 pontos. Por fim, ele teve 127 chutes ao gol e uma média de 16>53 tempo de gelo por jogo. Caso ele ganhe, seria o terceiro jogador da franquia a ganhar o prêmio. 

Nedeljkovic, de 25 anos, teve um recorde de 15-5-3 com o Carolina Hurricanes e empatou com Ilya Sorokin do New York Islanders no ranking de shutouts por goleiros novatos, com três. A média de 1,90 gols sofridos por Nedeljkovic e o percentual de 0,932 de defesas lideraram todos os goleiros da NHL que jogaram pelo menos 20 jogos.

Frank J. Selke (melhor atacante defensivo)

O prêmio é concedido anualmente ao atacante eleito o melhor por se destacar nos aspectos defensivos do jogo na NHL. Os finalistas são Aleksander Barkov, Patrice Bergeron e Mark Stone.

Barkov ficou em primeiro lugar entre os atacantes do Florida Panthers em takeaways (39) e bloqueou 37 chutes, ficando em segundo lugar na equipe.   Ele teve também uma média de 1:26 de tempo no gelo com um jogador a menos no gelo. O atacante terminou em 15º na NHL na porcentagem de faceoffs (54,9, mínimo 650 tentativas).

No entanto, Bergeron, que ficou em primeiro lugar na porcentagem de faceoffs (62,5, mínimo, 650 tentativas), está na disputa para ganhar o seu 5° troféu do NHL Awards. Bergeron também ficou em primeiro lugar entre os atacantes do Bruins em chutes bloqueados (36) e tempo no gelo shorthanded (97:48) e em segundo lugar em takeaways (35).

Stone liderou a NHL em takeaways (58) pela quinta vez em suas sete temporadas completas da NHL; ele terminou em segundo na última temporada. Ele liderou o Vegas Golden Knights em tempo de gelo por jogo (19:04) e foi o terceiro em tempo de gelo shorthanded (74:12).

King Clancy (melhor liderança)

O King Clancy da NHL Awards premia o jogador que melhor exemplifica as qualidades de liderança dentro e fora do gelo e que tenha feito uma contribuição humanitária notável em sua comunidade. Os indicados são Kurtis Gabriel, PK Subban e Pekka Rinne.

 

Gabriel, do San Jose Sharks, ajuda a promover a conscientização LGBTQ + através das redes sociais. Ele procura educar fãs e jogadores sobre as causas LGBTQ + por meio da participação em eventos, conversas e uso da pride tape. Embora seu trabalho foque em questões sociais, Gabriel também é comprometido com a saúde mental.

Rinne, goleiro do Nashville Predators, apoiou a iniciativa Hockey Fights Cancer da NHL. Ele liderou o 365 Pediatric Cancer Fund com Shea Weber, que arrecada dinheiro e conscientização para a pesquisa do câncer, tendo doado mais de 3 milhões de dólares desde 2012-13.

Ele foi vital para a iniciativa Feed the Frontline, que os Predators introduziram durante a pandemia de 2020, para ajudar os restaurantes locais a permanecer no mercado e manter suas equipes empregadas.

Por fim, Subban, que está no New Jersey Devils, está comprometido com a justiça racial e social,  assistência COVID-19 e hóquei juvenil. Ele criou o P.K. Subban Foundation em 2014 enquanto jogava pelo Montreal Canadiens e doou 10 milhões de dólares ao longo de sete anos para o Montreal Children’s Hospital.

Em junho do ano passado, Subban fez uma doação de 50 mil0 dólares para a arrecadação de fundos para Gianna Floyd, filha de George Floyd, homem negro que morreu enquanto estava sob custódia da polícia de Minneapolis ano passado.

Enfim, Subban foi nomeado co-presidente do Comitê de Inclusão de Jogadores (Player Inclusion Committee) no recém-formado Conselho Executivo de Inclusão (Executive Inclusion Council). Esse comitê visa fornecer soluções que impactam positivamente grupos sem representação no hockey.

Lady Byng (melhor espírito esportivo)

O prêmio é concedido anualmente ao jogador eleito o melhor por combinar espírito esportivo, conduta cavalheiresca e habilidade. Os finalistas são Auston Matthews, Jaccob Slavin e Jared Spurgeon.

Primeiramente, temos Matthews, que foi o artilheiro da NHL com 41 gols e empatou em quinto lugar em pontos, com 66, em 52 jogos com o Toronto Maple Leafs. O americano possui somente 56 minutos de penalidade em sua carreira de cinco temporadas na NHL. Por fim, ele nunca teve mais de 14 minutos de penalidade em uma temporada.

Slavin, que liderou o Carolina Hurricanes em tempo de gelo por jogo (22:59) durante a temporada regular, recebeu uma penalidade menor em 52 jogos. Ele também teve uma média de 2:43 de tempo no gelo em shorthanded.

Finalmente, temos Spurgeon, que foi o defensor com mais pontos no Minnesota Wild, com 25 pontos (sete gols, 18 assistências). Dessa forma, ele ficou em quarto lugar no Wild em tempo de gelo por jogo (22:05). O capitão do Wild recebeu apenas três penalidades em 54 jogos.Finalista pela primeira vez, ele seria o primeiro jogador do Minnesota North Stars/Wild a ganhar o prêmio.

Bill Masterton Memorial (dedicação ao hockey)

Os indicados ao prêmio concedido ao jogador da NHL eleito para melhor exemplificar as qualidades de perseverança, espírito esportivo e dedicação ao hóquei são Matt Dumba, Oskar Lindblom e Patrick Marleau. 

Dumba, que ganhou o Troféu King Clancy na temporada passada por seus esforços humanitários em sua comunidade, fundou a Hockey Diversity Alliance e falou contra o racismo e a intolerância no hóquei. O defensor do Minnesota Wild sediou o acampamento inaugural Matt Dumba Hockey Without Limits em fevereiro, que teve como objetivo promover a inclusão e a diversidade no nível de base.

Lindblom foi diagnosticado com sarcoma de Ewing, uma forma rara de câncer ósseo, em 13 de dezembro de 2019. Na época do diagnóstico, o atacante tinha 18 pontos em 30 jogos e estava empatado com o atacante Travis Konecny pela liderança no Philadelphia Flyers com 11 gols. Então, no dia 2 de julho, Lindblom tocou um sino cerimonial no Abramson Cancer Center, no Hospital da Universidade da Pensilvânia, na Filadélfia, para indicar o fim de seus tratamentos contra o câncer. 

Por fim, Marleau se tornou o jogador com mais partidas disputadas (1.768) em 19 de abril, quando quebrou o recorde de Gordie Howe de 26 de novembro de 1961. Além disso, o atacante de 41 anos do San Jose Sharks disputou 910 jogos consecutivos, portanto é a quarta sequência mais longa da história da NHL.

As datas do NHL awards podem ser encontradas no site da NHL, em inglês.

Share this post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email