NWHL Awards

NWHL anuncia vencedoras do NWHL Awards

A NWHL anunciou na quarta-feira (28) suas vencedoras dos prêmios do NWHL Awards de 2021 em uma apresentação especial do NWHL Open Ice na Twitch.

MVP (Most Valuable Player): Mikyla Grant-Mentis

Mikyla Grant-Mentis ganhou o título de jogadora mais valiosa deste ano, depois de acumular um total de 11 pontos em sete jogos, seis dos quais foram gols. Ela é a primeira jogadora negra a ser nomeada MVP de uma liga profissional de hockey feminino na América do Norte.

Mikyla Grant-Mentis scores pair of goals to lead Toronto Six past Whitecaps | CBC Sports
Mikyla Grant-Mentis atuando pelo seu atual time, Toronto Six. Reprodução/Toronto Six via Twitter.

Grant-Mentis dividiu a liderança de pontuação em Lake Placid (9 pontos) com Kaleigh Fratkin do Boston Pride, mas jogou em um jogo a menos que a defensora veterana. Ela liderou seu time em gols, chutes a gol (28), teve uma pontuação de +8 e liderou todas as seis atacantes em chutes bloqueados. Ela também foi a segunda em Toronto em assistências (4). Nos playoffs, ela teve dois pontos principais na derrota do Toronto na semifinal para o Pride, incluindo um gol.

Em outras palavras, Grant-Mentis fez tudo pelo Six. Ela se estabeleceu como uma estrela no nível profissional e está rapidamente se tornando o rosto da franquia da NWHL em Toronto.

Goleira do Ano: Amanda Leveille

Leveille é agora a primeira goleira a receber o título de Goleira do Ano duas vezes em sua carreira na NWHL. Ela ganhou seu primeiro prêmio de Goleira do Ano em 2018 como jogadora do Buffalo Beauts, mas tem sido uma das melhores da liga desde que se estabeleceu como titular em seu segundo ano na liga.

Drawn to Minnesota for reasons more than hockey, Amanda Leveille shuts down her old Beauts team – The Athletic
Amanda Leveille atuando pelo seu time atual, Minnesota Whitecaps. Reprodução/The Athletic

A atleta canadense foi a MVP das Whitecaps em Lake Placid. Ela teve uma porcentagem de defesas de 0,936 junto com um recorde de 3-1-0 contra uma carga de trabalho de 38,86 chutes no gol por jogo. Na pós-temporada, ela teve 0,946 de porcentagem de defesa e ajudou a guiar as Whitecaps até a final da Isobel Cup, onde foram derrotadas pelo Pride.

Leveille é a líder de todos os tempos da NWHL em vitórias (43), defesas (1.744) e compartilha a liderança de todos os tempos em shutouts (5) com Brittany Ott.

Defensora do Ano: Kaleigh Fratkin

Como já era esperado, a campeã da Isobel Cup Kaleigh Fratkin se torna a primeira jogadora a ser nomeada a Defensora do Ano da NWHL duas vezes consecutivas. Ela também foi eleita a melhor defensora da liga no ano passado.

Pride Gets Fratkin Back for a 3rd Season
Kaleigh Fratkin jogando pelo seu atual time, Boston Pride. Reprodução/Michelle Jay

Fratkin teve nove assistências em Lake Placid para dividir a liderança na pontuação com Grant-Mentis. Ela também bloqueou 15 disparos, sofreu quatro penalidades, teve uma pontuação de +14 e marcou 7 de seus 9 pontos em igualdade numérica.

A atleta canadense somou mais dois pontos em dois jogos dos playoffs, ambos no power play. Seu último ponto da temporada provou ser a principal assistência no gol da vitória na final da Copa Isobel de 2021.

Revelação do Ano: Mikyla Grant-Mentis

Grant-Mentis está trazendo para casa dois prêmios em sua primeira temporada completa de hockey na NWHL. Além de receber o prêmio de MVP, ela também foi nomeada a Revelação do Ano, tornando-a a primeira jogadora negra a receber a homenagem na história da NWHL.

Mikyla Grant-Mentis NWHL Awards
Mikyla Grant-Mentis jogando pelo Toronto Six. Reprodução/Mikyla Grant-Mentis via Twitter.

Grant-Mentis se destacou em uma equipe nova e novatas. Naturalmente jogando como central, ela floresceu jogando como ala, apesar de um elenco rotativo de companheiras de linha devido ao surto de COVID em Lake Placid.

Prêmio Denna Leing: Saroya Tinker

Anteriormente chamado de Prêmio Perseverança, o Prêmio Denna Laing é concedido à jogadora que melhor representa as qualidades de perseverança, espírito esportivo e dedicação ao esporte. Tem o nome de Denna Laing, que ganhou o primeiro Perseverance Award da liga e jogou com o Boston Pride na temporada 2015-16 antes de sofrer uma lesão grave.

Saroya Tinker NWHL Awards
A defensora Saroya Tinker jogando pelo seu atual time, Metropolitan Riveters. Reprodução/Michelle Jay

A defensora novata do Riveters, Saroya Tinker, é apenas a quarta jogadora a ganhar o Prêmio Denna Laing. Além do impacto que ela causou no gelo como defensora sólida, Tinker usou sua plataforma para falar contra o racismo e a injustiça social nos Estados Unidos e no Canadá. Ela também arrecadou dinheiro para o fundo de bolsa de estudos do Black Girl Hockey Club e abraçou seu papel como alguém que as jovens jogadoras podem admirar.

Vencedoras do prêmio NWHL Foundation
  • Boston Pride: Mallory Souliotis
  • Buffalo Beauts: Carly Jackson
  • Connecticut Whale: Grace Kleinbach
  • Metropolitan Riveters: Saroya Tinker
  • Minnesota Whitecaps: Amanda Leveille
  • Toronto Six: Mikyla Grant-Mentis
As 3 estrelas da temporada dos fãs
  • Mallory Souliotis, do Boston Pride
  • Carly Jackson, do Buffalo Beauts
  • Mikyla Grant-Mentis, do Toronto Six

As vencedoras foram reveladas ao vivo na Twitch, apresentados pela Discover e por Katie Gaus. Isso marcou a primeira vez que a plataforma de streaming da liga entregou uma extravagância de prêmios que incluiu entrevistas e reações, além dos resultados.

Você pode rever a premiação aqui.

Os cinco principais prêmios individuais foram selecionados por um comitê de mídia e emissoras representando todos os seis times da NWHL mais contribuintes nacionais. Dada a singularidade da campanha de 2021, os desempenhos em todos os jogos da temporada regular em Lake Placid, bem como nos playoffs em Boston, podem ser considerados.

Este texto foi traduzido. Para acessar o original, clique no link.

Foto: Reprodução/Mikyla Grant-Mentis via Twitter

Share this post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email