Foto: Jeff McIntosh/Canada Press

Mundial de hóquei feminino: resultados do quinto dia

O quinto dia do mundial feminino teve algumas emoções e resultados interessantes. Além disso, teve Hilary Knight fazendo um recorde importantíssimo na história do hóquei feminino. Venha ler!

Estados Unidos 6, Comitê Olímpico Russo 0

Os Estados Unidos novamente dominaram as atletas russas. Em um jogo superior em diversos fatores, como precisão de passos, defesa eficiente e disparos convertidos em gol, as americanas estão com sede de medalha. 

O primeiro período, no entanto, só teve um gol, feito por Britta Curl. Junto de Grace Zumwinkle, as duas deixaram a defensora Angelina Goncharenko para trás e no rebote, Curl conseguiu marcar. 

Hilary Knight passa recorde de gols de Cammi Granato
Foto: Matt Zambonin/IIHF

Apenas um dia depois de igualar Granato em 44 gols em mundiais femininos, Hilary Knight bateu o recorde no segundo período. Ela mandou os discos nas redes de Anna Prugova após passar por três defensoras adversárias, aumentando o placar em 2-0 e fazendo história. 

Lee Stacklein fez o terceiro gol ainda no segundo período. No terceiro período, Kelly Pannek fez um gol no power play, aumentando o placar em 4-0. Depois, Abbey Murphy e Jesse Compher marcaram, finalizando então o placar em 6-0. Vale lembrar que Knight poderá bater mais recordes, já que agora ela está apenas a um ponto de igualar o recorde americano de mais pontos (78 pontos) que também pertence a Granato. 

Dessa forma, as americanas continuam invictas nessa campanha do mundial. O próximo jogo será contra o Canadá, amanhã (26) e será o último jogo das fases preliminares do grupo A.

Canadá 5, Suíça 0

Emerance Maschmeyer conseguiu um shutout após defender todos os 12 disparos das suíças no jogo de terça-feira. O Canadá, que não fez nenhum gol no primeiro período, compensou fazendo quatro no segundo. Mesmo assim, a goleira suíça Andrea Braendli conseguiu fazer um bom trabalho, parando 58 disparos.

E um dos maiores destaques do jogo foi Natalie Spooner, que fez dois gols na partida. Contudo quem abriu o placar foi Emily Clark, enquanto as suíças estavam no power play. Ela lançou o disco no gol após Blayre Turnbull ter disparado o disco e ele ter ido para a trave. Quatro minutos depois, Jamie Bourbonnais aumentou o placar, em um 3 contra 2. 

Apenas 17 segundos depois, Natalie Spooner fez o terceiro gol. Já o quarto gol foi feito por Melodie Daoust. 

No terceiro período, Spooner fez o quinto gol da equipe canadense e seu segundo na partida.

Natalie Spooner na Seleção do Canadá no mundial
Foto: Derek Leung/Getty Image

As suíças estavam sem a melhor jogadora, Alina Muller, que saiu lesionada na partida contra a Rússia e não voltará para o mundial. E no jogo contra a Suíça Marie-Philip Poulin acabou se machucando e não retornou para o jogo. 

O Canadá encontra os Estados Unidos na quinta-feira (26) e a Suíça encontra a Finlândia, no mesmo dia.

Japão 4, Hungria 1

Jogadoras japonesas comemorando vitória
Foto: Seinosuke Uchigasaki/JIHF

O Japão eliminou a Hungria da possibilidade de ir para as quartas de final. Em um jogo eletrizante, as japonesas demonstraram seu poder ofensivo para que pudessem continuar na disputa pelas quartas de final. As japonesas dispararam 29 vezes contra 25 das húngaras. No entanto, o jogo foi, até certo momento, equilibrado. Tanto é que o primeiro gol só veio no final do período inicial. 

A autora foi Akane Shiga, no power play do Japão. Fanni Gasparics empatou para a Hungria no segundo período, também em um power play. 

Em um jogo no qual o Japão não poderia deixar escapar uma importante vitória, um power play 5-contra-3 permitiu à equipe retomar a liderança quando Rui Ukita fez o gol. 

No terceiro período, os gols de Haruna Yoneyama e Hanae Kubo decretaram a vitória por 4-1 do Japão.

Enfim, o próximo jogo delas será amanhã, na quinta (26) contra a Alemanha. E o último jogo da Hungria nesta competição será contra as Dinamarquesas, na quarta (25).

Caso você tenha perdido os outros dias do torneio, você pode ficar por dentro do que aconteceu lendo os nossos textos sobre o Mundial. Para mais informações sobre o campeonato, é possível ver no site da IIHF.

Share this post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email