Czech Republic goalkeepers Dominik Hasek (L front) and Roman Cechmanek (R front) lay in front of the rest of the team as they pose with their medals after winning the final of the Olympic  ice hockey tournament at the Big Hat Stadium in Nagano February 22. [The Czech Republic beat Russia 1-0 to claim the gold medal.] - RTXIIXA

Jogadores da NHL jogarão as Olimpíadas de inverno em 2022

A NHL voltará para as Olimpíadas de inverno!

Na sexta-feira (03), a Liga e a Associação dos Jogadores da NHL (NHLPA) anunciaram que chegaram a um acordo com a Federação Internacional de Hóquei no Gelo (IIHF). Já era especulado se os jogadores da NHL iriam para as Olimpíadas, visto que já havia uma pausa planejada no cronograma da temporada regular da NHL de 2021-22 devido aos Jogos Olímpicos de Inverno em Pequim, no ano que vem. 

Vai ser a primeira Olimpíada para os jogadores da NHL desde 2014, em Sochi, e o primeiro torneio internacional desde a Copa do Mundo de Hóquei de 2016, em Toronto. 

A Seleção Masculina do Canadá comemorando o ouro nas Olimpíadas de Inverno em Sochi, 2014
A Seleção Masculina do Canadá comemorando o ouro olímpico em Sochi, 2014. Foto: Streeter Lecka/Getty Images.

A Seleção Masculina do Canadá comemorando o ouro olímpico em Sochi, 2014. Foto: Streeter Lecka/Getty Images“Entendemos como os jogadores da NHL se sentem apaixonados por representar e competir por seus países”, declarou Bill Daly, vice-comissário da NHL. “Estamos muito satisfeitos por termos concluído acordos que lhes permitirão retomar a competição no palco olímpico.”

O acordo permite a possibilidade de uma decisão posterior de retirada da participação dos jogadores, caso as condições da COVID-19 em alta sejam consideradas impraticáveis ou inseguras pela NHL e NHLPA.

“Representar seu país nas Olimpíadas é importante para os jogadores, mesmo nestes tempos incertos.” afirmou Don Zavelo, conselheiro geral da NHLPA. “Os jogadores estão ansiosos para vestir as jerseys de seus países nas Olimpíadas de Inverno de 2022 enquanto competem pelo ouro.”

A temporada 2021-22 da NHL será interrompida de 3 a 22 de fevereiro de 2022 para o Honda NHL All-Star Weekend, na T-Mobile Arena em Las Vegas, e o torneio olímpico de hóquei masculino, que culmina com o jogo da medalha de ouro em 20 de fevereiro.

“Sei que posso falar pelos fãs de hóquei em todo o mundo quando digo que a decisão de trazer de volta o melhor do hóquei no gelo para as Olimpíadas é extremamente bem-vinda”, disse René Fasel, presidente da IIHF. “Tivemos muitas discussões construtivas e muito trabalho duro foi feito para que isso acontecesse dentro do tempo que estabelecemos para nós mesmos, e quero agradecer a todas as partes envolvidas por seu apoio e comprometimento.”

Os jogadores da NHL participaram de cinco Olimpíadas de 1998 a 2014, mas não foram a PyeongChang em 2018. A posição da Liga é que competir nas Olimpíadas atrapalha a temporada da NHL, principalmente quando não é realizada na América do Norte.

Mas no ano passado, quando a NHL e a NHLPA prorrogaram o acordo coletivo de trabalho até a temporada 2025-26, eles concordaram em ir às Olimpíadas se conseguissem chegar a um acordo com a IIHF.

“Você sabe qual tem sido a posição tradicional e histórica da Liga nas Olimpíadas”, disse Daly em 28 de junho. “Continuamos com essa visão, e de fato, com os futuros Jogos em Pequim e a incerteza contínua com [COVID-19] e os Jogos sendo do outro lado do mundo, não necessariamente um jogo ideal para escolher participar. Dito isso, negociamos de boa fé com a NHLPA no verão passado. Concordamos que, se as condições estivessem certas, poderíamos chegar a um acordo sobre todas as questões materiais e que iríamos nos comprometer e apoiá-los durante as Olimpíadas.”

As seleções nas Olimpíadas de Inverno

A República Tcheca conquistou o ouro nas Olimpíadas de Nagano em 1998, a primeira a apresentar jogadores da NHL.

Jogadores da República Tcheca comemorando o ouro olímpico em Nagano, 1998. Foto: Reprodução/Progetto Repubblica Ceca

O Canadá tem dominado a competição no formato de jogos únicos desde então, vencendo 5 dos últimos 6 torneios: a Copa do Mundo em 2004 e 2016; as Olimpíadas de Salt Lake City em 2002; Vancouver em 2010 e Sochi em 2014, e teve 16 vitórias consecutivas de jogos únicos. Em 2006, a Suécia conquistou o ouro nas Olímpiadas de Torino. Os Estados Unidos conquistaram a prata em Salt Lake City e Vancouver.

Alguns dos melhores jogadores da NHL poderiam fazer sua estreia olímpica em Pequim, incluindo Connor McDavid (Canadá), David Pastrnak (República Tcheca), Sebastian Aho (Finlândia), Nikita Kucherov (Comitê Olímpico da Rússia), Victor Hedman (Suécia), Leon Draisaitl (Alemanha) e Auston Matthews (Estados Unidos)

O torneio incluirá 12 países divididos em três grupos. Juntando-se às oito melhores nações que foram classificadas no torneio de acordo com o ranking mundial da IIHF de 2019 – Canadá, Comitê Olímpico da Rússia, Finlândia, Suécia, República Tcheca, Estados Unidos, Alemanha e Suíça – será a anfitriã do torneio: a China. Bem como as recentemente qualificadas equipes da Eslováquia, Letônia e Dinamarca, que conquistaram as últimas vagas nos torneios masculinos de qualificação olímpica.

Este texto foi traduzido. Para acessar o original, clique no link

Foto: Reprodução/Progetto Repubblica Ceca

Share this post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email