Eric Staal disse que parece surreal ser um membro do Montreal Canadiens, já que durante a carreira dele, ele tem sido um problema para a equipe canadense.

Mas o atacante, que foi negociado pelo Buffalo Sabres na sexta-feira (28) por uma escolha de terceira e quinta rodada no Draft de 2021 da NHL, está emocionado com sua nova oportunidade.

“Este é de longe o melhor ambiente na Liga e agora estar no grupo e em toda a cidade, sendo um Montreal Canadien, é fenomenal. Estou animado”, disse Staal.

Eric Staal marcou 45 pontos (22 gols, 23 assistências) em 50 jogos na temporada regular contra os Canadiens. Em 2006, ele marcou um gol na prorrogação pelo Carolina Hurricanes contra o Canadiens no jogo 3 das quartas de final da Conferência Leste. Carolina venceu os próximos três jogos, eliminando Montreal no caminho para a conquista da Stanley Cup. Por fim, Staal marcou oito pontos (dois gols, seis assistências) na série.

No entanto, o jogador de 36 anos foi contratado para tentar ajudar os Canadiens a chegar aos playoffs da Stanley Cup nesta temporada. Montreal (17-9-9) está em quarto lugar na Divisão Norte. As quatro primeiras equipes chegam aos playoffs.

“Há uma grande oportunidade aqui e vou tentar aproveitá-la”, disse Staal. “Sinto que ainda tenho habilidades em mim, que posso ajudar a equipe.”

Staal chegou a Montreal de carro, vindo de Buffalo, no sábado. Assim, ele começou a  quarentena de sete dias necessária antes de se juntar efetivamente a equipe. Ele usou a clausula de não-troca de seu contrato para facilitar a negociação dos Sabres. A equipe, vale ressaltar, não estão em boa fase na NHL. Eles estão em último lugar na tabela e possuem um recorde de 8-23-6.

Por quê o Canadiens?

Staal disse que um fator importante foi a decisão do Canadá de permitir que jogadores negociados da NHL fiquem em quarentena por sete dias, não 14, antes de jogarem seu primeiro jogo.

“Achei que 14 dias de espera é muito tempo, especialmente se você for ser negociado no meio da temporada”, disse Staal. “Ficar sentado lá e esperar 14 dias e depois voltar e tentar entrar no time… para mim, para ser sincero, isso é muito tempo. Uma semana é factível. Na idade que tenho, é uma chance para recuperar o corpo e usar isso como uma vantagem. ”

Eric Staal está na última temporada de um contrato de dois anos de US$ 6,5 milhões (US$ 3,25 milhões em valor médio anual) que ele assinou com o Minnesota Wild em 25 de fevereiro de 2019 e pode se tornar um agente livre irrestrito após a temporada. Ele foi negociado com os Sabres pelo Wild em 16 de setembro.

“Estou indo dia após dia”, disse ele. “Eu fico uma semana sozinho aqui e depois irei com o grupo, mas meu foco é começar com esse grupo e me integrar a ele e veremos para onde vai.

“Este é um lugar fenomenal para jogar hóquei e uma das melhores experiências como jogador da NHL, então estou animado com a chance. É um mercado incrível. Espero poder jogar bem e me sair bem, para que nosso time acumule muitas vitórias. É disso que se trata e estou ansioso pela chance. ”

A carreira de Staal

Eric Staal foi selecionado em segundo lugar no Draft da NHL de 2003 pelo Carolina Hurricanes. Ao longo de sua carreira, Staal marcou 1.031 pontos (439 gols, 532 assistências) em 1.272 jogos da temporada regular com o Sabres, Wild, New York Rangers e Hurricanes e 51 pontos (21 gols, 30 assistências) em 62 jogos do playoffs.

Nesta temporada, ele marcou 10 pontos (três gols, sete assistências) em 32 jogos pelo Sabres.

“Eu disse para o general manager e para o técnico que só queria vencer”, disse Staal. “Quero estar lá e ganhar e ser competitivo e tentar ajudar o nosso grupo a vencer jogos, onde quer que esteja na escalação. Farei o que puder.”

Contudo, o papel de Staal pode ser limitado, já que a equipe canadense conta com muitos jovens talentos, como Phillip Danault, Nick Suzuki e Jesperi Kotkaniemi jogando como centrais.

“Estou sempre me esforçando para que meu nome seja chamado o máximo que posso porque sou competitivo, quero jogar, quero fazer o que posso para ajudar …”, disse Staal. “todavia, eu também entendo, ‘Ei, esta noite ou este momento pode não ser meu, pode ser de outra pessoa.’ Você precisa apoiar e ser um bom companheiro de equipe. E é isso que farei e o que fiz ao longo da minha carreira. ”

Staal disse estar empolgado com o ritmo e a transição de jogo dos Canadiens e impressionado com seus defensores, ancorados por Shea Weber e Jeff Petry, e pelo goleiro Carey Price.

“Com a quantidade de jogos que temos, o tipo de temporada que é, você vai precisar de todos na sua escalação… Eu só acho que há muita mistura de alguns caras que estão na equipe há um tempo e entendem o jogo. ”

O texto original se encontra na página da NHL