Connor McDavid, destaque da série entre Edmonton Oilers e Calgary Flames

Edmonton Oilers e Calgary Flames protagonizam série maluca com vitória do time de Connor McDavid

Edmonton Oilers e Calgary Flames se enfrentaram pela segunda rodada dos playoffs da temporada 2021/22 da NHL e não decepcionaram os fãs do esporte que esperavam uma Batalha de Alberta memorável. Em uma série de cinco jogos, 45 gols, muitas viradas, recordes e situações malucas, os Oilers eliminaram seu maior rival e estão na final da Conferência Oeste pela primeira vez desde 2006!

Leia um pouco sobre cada jogo.

JOGO 1 – Calgary Flames 9 x 6 Edmonton Oilers

O primeiro jogo entre Edmonton Oilers e Calgary Flames foi o mais maluco dos playoffs até então. Tivemos um total de 15 gols! Com 26 segundos, Elias Lindholm abriu o placar e aos 51 Andrew Mangiapane fez 2×0 para o Calgary Flames. O terceiro gol do time da casa foi marcado por Brett Ritchie com seis minutos jogados e foi o fim do dia de Mike Smith, goleiro do Edmonton Oilers, que sofreu três gols em 10 chutes. Ainda no primeiro período, Connor McDavid diminuiu o placar.

No segundo período foram marcados sete gols. Blake Coleman marcou duas vezes para deixar o placar em 5×1, Evan Buchard fez o segundo dos Oilers e Matthew Tkachuk fez seu primeiro gol do jogo. O placar era 6×2 para os Flames quando a reação do time de Edmonton começou. Zach Hyman duas vezes, Leon Draisaitl e Kailer Yamamoto  marcaram para empatar a Batalha de Alberta em 6×6. Rasmus Andersson fez o seu e Matthew Tkachuk marcou mais duas vezes para fechar seu hat trick e eles sacramentaram a vitória maluca por 9×6 do Calgary Flames em cima do seu maior rival.

 

Os dois gols em 51 segundos dos Flames marcou o recorde nos playoffs da NHL. Os 15 gols combinados entre os dois times também é um recorde na rivalidade na pós-temporada.

JOGO 2: Calgary Flames 3 x 5 Edmonton Oilers

O segundo jogo da Batalha de Alberta foi, novamente, cheio de gols. Mas, dessa vez quem levou a melhor foi o time visitante. O Edmonton Oilers venceu o confronto por 5×3 e empatou a série contra o Calgary Flames em 1-1.

Quem saiu na frente foi o time da casa, com gols de Michael Stone e Brett Ritchie. Dançam Keith diminuiu o placar para os Oilers mas Tyler Toffoli fez 3×1. Mas, depois disso, só deu Edmonton. Connor McDavid diminuiu e Evan Bouchard empatou em um power play, Zach Hyman virou em um gol shorthanded e Leon Draisaitl fechou o placar para os visitantes. 

JOGO 3: Edmonton Oilers 4 x 1 Calgary Flames

No terceiro jogo da Batalha de Alberta, o domínio foi todo do Edmonton Oilers. O placar ficou zerado até o segundo período, quando o time da casa fez quatro gols. Zach Hyman fez o primeiro e Evander Kane marcou os outros três, completando um hat trick. No terceiro período, Daryl Sutter, técnico dos Flames, optou por tirar Jacob Markstrom e colocou o goleiro reserva Dan Vladar em seu lugar. Os visitantes diminuíram o placar com gol de Oliver Kylington.

O placar final foi de 4×1 para a equipe da casa no primeiro jogo que não foi equilibrado da série, que está 2-1 para o Edmonton Oilers.

JOGO 4: Edmonton Oilers 5 x 3 Calgary Flames

O quarto jogo entre os dois times seguiu o roteiro dos dois primeiros, foi mais um confronto maluco entre os rivais. O Edmonton Oilers abriu o placar nos primeiros segundos com Ryan Nugent-Hopkins aproveitando um erro grotesco de Jacob Markstrom. Zach Hyman e Evander Kane marcaram os dois outros gols no primeiro período, que terminou em 3×0. 

No segundo período, Calgary resolveu reagir. Elias Lindholm e Mikael Backlund colocaram os Flames no jogo e, no terceiro período, Rasmus Andersson marcou um dos gols mais bizarros da série toda. Enquanto tentava matar a penalidade, o defensor foi afastar o puck do seu lado do gelo e o goleiro Mike Smith aceitou o gol, que atravessou 40 metros do rinque para empatar o jogo.

Porém, não demorou muito para Ryan Nugent-Hopkins colocar o time da casa novamente na frente e, no fim do jogo, Evander Kane fechou o placar durante um power play. Edmonton venceu o jogo por 5 x 3 e estava a um passo de ir para a final da Conferência Oeste!

JOGO 5: Calgary Flames 4 x 5 Edmonton Oilers (OT)

No último jogo da série, a Batalha de Alberta seguiu entregando o entretenimento que os fãs do esporte pedem! A série voltou para Calgary e o time da casa precisava vencer o jogo para seguir vivo, então os Flames começaram pressionando. Andrew Mangiapane fez o primeiro gol do time da casa no primeiro período. Até aí, o jogo estava normal.

No segundo período as coisas mudaram. Foram SETE gols marcados! Mikael Backlund aumentou o placar para os Flames e, então, Darnell Nurse diminuiu e  Jesse Puljujarvi empatou o jogo. Os próximos quatro gols da partida foram marcados em 1 minuto e 11 segundos. Zach Hyman virou para os Oilers com um gol em power play, Johnny Gaudreau empatou, Calle Jarnkrok colocou Calgary na frente novamente e Evan Bouchard empatou para Edmonton. Esta sequência marcou mais um recorde desta série em playoffs: foram os quatro gols marcados mais rápidos em 1:11 na história da pós-temporada.

Com o jogo empatado em 4×4, durante o terceiro período teve um lance polêmico que poderia ter mudado o resultado final do jogo. Faltando menos de seis minutos para o fim, Blake Coleman colocou o puck nas redes de Mike Smith após rebote de um chute de Backlund.

O problema é que o gol ocorreu após Coleman desviar o disco com o pé. A regra diz que um gol não pode ser marcado com o pé após um jogador deliberadamente fazer um movimento de chute, porém pode ser validado caso o disco apenas desvie nos patins do jogador. A arbitragem julgou que Coleman fez o movimento deliberado de chute, ou kicking motion. Então, sem gol, o jogo foi para a prorrogação.

Faltando cinco minutos para acabar o overtime, Connor McDavid marcou para Edmonton e mandou os Oilers para sua primeira final de conferência desde 2006, quando foi para as Finais da Stanley Cup e perdeu para o Carolina Hurricanes. Enquanto isso, o Calgary Flames não avança para a final de conferência desde 2004, quando perdeu a final para o Tampa Bay Lightning.

 

O Recap das Séries está disponível no nosso canal do YouTube. Lá, você também pode conferir os recaps das outras séries dos playoffs em vídeo!

Share this post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email