O time de Colorado com o troféu Clarence S. Campbell

Colorado Avalanche é o campeão da Conferência Oeste

O Colorado Avalanche é o campeão da Conferência Oeste! Muito se esperava do grande confronto entre McDavid e MacKinnon, pois a expectativa era de uma série extremamente equilibrada visto que os dois atacantes são considerados as estrelas de seus times e até da própria liga. Na prática, não foi nada disso que aconteceu. O Colorado Avalache impôs toda a sua dominância para cima do Edmonton Oilers, não dando sequer a chance de eles vencerem um jogo. Mais uma vez a vassoura cantou, e dessa vez o time de Edmonton foi eliminado em quatro jogos, não podendo manter o sonho de conquistar a Stanley Cup.

Por outro lado, o elenco do Avalanche conquistou a Conferência Oeste, e eles são os campeões do troféu Clarence S. Campbell. É a primeira vez desde 2001 que o time garante a passagem para às finais da Stanley Cup!

JOGO 1 – Edmonton Oilers 6×8 Colorado Avalanche

No primeiro jogo da série, parecia que o combinado era: a defesa é opcional. Foram 14 gols ao total, mas quem saiu vencedor foi o time da casa, o Avalanche. Quem marcou para os Oilers foram Kane, Hyman, McLeod, McDavid, Ryan e Nugent-Hopkins. Os gols do Avalanche foram de MacKinnon, Makar, Kadri, Rantanen, Cogliano, Landeskog e Compher, que marcou duas vezes. A última vez que mais de 14 gols foram marcados numa final de conferência foi em 1985, quando o Oilers derrotou o Chicago Blackhawks. 

No segundo período, Smith foi substituído por Koskinen e Kuemper deixou o gol. Ele alegou estar com a visão embaçada, não enxergando direito o puck. A principal polêmica foi o gol de Cale Makar, que o Oilers desafiou por offside mas foi validado. 

JOGO 2 – Edmonton Oilers 0x4 Colorado Avalanche

No segundo jogo da série, o número de gols foi bem menor, mas apenas um time marcou: o Colorado Avalanche. Lehkonen, Manson, Rantanen e MacKinnon garantiram a vitória, e Francouz teve seu segundo shutout da carreira em playoffs. Yamamoto deixou o jogo por conta de uma lesão na parte superior do corpo. Kadri empatou com Risto Siltanen e Joe Sakic em maior número de assistências em um período, totalizando três. O Avalanche passou a liderar a série por 2-0.

JOGO 3 – Colorado Avalanche 4×2 Edmonton Oilers

Agora em casa, o Edmonton Oilers tinha a chance de diminuir a vantagem do Avalanche na série. Mas eles não conseguiram. McDavid até abriu o placar, mas Nichushkin empatou e posteriormente ampliou. McLeod até empatou novamente, mas Compher e Rantanen resgataram a vantagem e garantiram a vitória por 4-2. Kadri saiu do jogo após um boarding de Kane, e mais tarde foi confirmado que ele precisou passar por uma cirurgia no dedo e provavelmente está fora do restante dos playoffs. Kane teve uma audiência e foi suspenso do jogo 4.

JOGO 4 – Colorado Avalanche 6×5 Edmonton Oilers

No quarto jogo da série, era tudo ou nada para o time de Edmonton, pois o Colorado Avalanche poderia finalizar a série. Makar abriu o placar, mas Hyman, Nugent-Hopkins e McDavid ampliaram, dando a esperança para o torcedor de que a vitória viria. Mas eles não conseguiram segurar por muito tempo. Toews diminuiu, mas Hyman ampliou novamente. Landeskog diminuiu mais uma vez e MacKinnon empatou. Rantanen virou o jogo e quase no finalzinho, Kassian empatou forçando a prorrogação. No overtime, Lehkonen foi o grande herói e trouxe a vitória para o Colorado Avalanche junto com o troféu Clarence S. Campbell, dado para o campeão da Conferência Oeste da NHL. Essa é a primeira vez desde 2001 que o Colorado Avalanche vai para as finais da Stanley Cup. Eles inclusive tocaram no troféu, o que muitos não fazem pois acham que isso traz má sorte na grande final

O Colorado Avalanche aguarda o oponente do confronto entre Tampa Bay Lightning e New York Rangers. O Recap das Séries estará disponível no nosso canal do YouTube. Lá, você também pode conferir os recaps das outras séries dos playoffs em vídeo!

 

Share this post

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email